Tendências para o mercado de alimentação fora do lar

Mesmo em tempos de crise e de incertezas, o setor de comida é que permanece apresentando melhores índices. E dentro deste setor, a área de alimentação fora do lar, é a que vem ganhando cada vez mais destaque. De acordo com o Sindicato de Bares e Restaurantes, SINDRIO,  a expectativa é que o food service tenha um faturamento de R$ 230 bilhões em 2020.

 

Entenda o mercado de alimentação fora do lar

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os brasileiros estão comendo mais fora de casa e consumindo mais alimentos prontos. A pesquisa ainda revela que a alimentação é a terceira maior despesa do orçamento familiar. Nas áreas urbanas, ela representa 16,9% do total de despesas, e nas áreas rurais, chega a 23,8%.

 

No último levantamento o mercado de alimentos e bebidas representava 10,1% do PIB do país. A Associação de Bares e Restaurantes, ABRASEL estima que a alimentação fora do lar, representa cerca de 2,7% desse total. A movimentação média até 2019, era cerca de R$ 170 bilhões por ano.

 

O setor é tão promissor e crescente, que um dos principais aplicativos de entrega de comida delivery, o Ifood, já iniciou testes para entregas com drones. 

 

Por que a alimentação fora do lar tem crescido tanto?

 

A adesão à alimentação fora do lar, tem como principal característica, o atendimento a dois perfis. Um são das pessoas estão cada vez trabalhando mais e tendo menos tempo. E o outro, daquelas que já conseguiram reduzir sua carga horária e querem aproveitar o tempo extra conquistado para se dedicar uma atividade que goste. Ou seja, em ambos os casos, a busca pela otimização de tempo. 

 

As pessoas não querem ou não podem usar diariamente seu tempo para cozinhar e ou ir ao supermercado comprar seus alimentos. Pedir pelo celular, ou apenas parar em uma loja, padaria e ou restaurante para escolher o que deseja levar pronto para casa, é muito mais prático e confortável. 

 

Além disso, ainda há muitos relatos sobre a grande criatividade que precisa ter, para a a cada dia preparar algo novo e gostoso para se comer. 

 

A praticidade, a conveniência e o conforto, fazem do mercado de alimentação fora do lar, um dos preferidos e mais requisitados por grande parte dos brasileiros. 

 

Oportunidades do mercado de alimentação fora do lar

Como é um mercado em constante expansão, e por se tratar de uma necessidade básica da população, apostar no mercado de comida é uma boa alternativa. 

 

De acordo com o  balanço do 2º trimestre de 2019 feito pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), o segmento de Alimentação foi um dos destaques com um faturamento maior do que R$ 10 bilhões. O valor representou um crescimento de 5,4% sobre o registrado no mesmo período de 2018.

 

Além disso, a alimentação fora do lar é um mercado bem amplo e diversificado. Há opções variadas para os mais diversos tipos de investidores e clientes. 

 

Tendências do mercado de alimentação fora do lar

Pensando nas oportunidades do mercado, é preciso estar atento às tendências da alimentação fora do lar, para agregar ainda mais valor ao negócio, e também atrair clientes.

 

Alimentos e pratos saudáveis

A alimentação saudável tem atraído cada mais mais adeptos. É importante que esse público seja bem atendido com opções como, por exemplo, integrais, sem açucar, vegana e outras. Valorizar a gastronomia sustentável com a proposta de ingredientes mais frescos e menos industrializados é uma das grandes tendências da alimentação fora do lar.

 

Experiência do cliente

Aqui mais do que em qualquer negócio, a boa experiência do cliente é fundamental, afinal ele está confiando sua alimentação ao seu negócio. É preciso que seu público se sinta valorizado e tenha a sensação de estar em casa escolhendo cada ingrediente para sua refeição. Estabelecimentos que oferecem customização de pratos ou preparos na hora, estão entre os preferidos.

 

Alimentos artesanais

A comida de verdade ou comida caseira é a “bola da vez”. As pessoas demandas alimentação fora do lar, mas desejam se sentir “abraçadas” pelo alimento como se fosse uma comida de mãe. O excesso dos aditivos e o gosto industrial, precisa dar espaço para as comidas “mais simples”, porém com alto valor agregado.

 

Delivery

A alimentação fora do lar, mas dentro de casa ou do escritório é outra grande tendência. Prova disso, é o grande sucessos dos aplicativos de entregas. Muitas vezes as pessoas não querem preparar seus alimentos, mas também não desejam sair de onde estão para comprá-los. E é nesses casos, que o delivery se torna um dos melhores amigos do seu negócio. 

 

Gosta da área alimentar, de culinária e de produtos de qualidade? Talvez se interesse em saber mais sobre a nossa Franquia, acesse o site

 

Gostou do artigo? Siga o Instagram , Facebook e Youtube do Bolos do Cerrado e acompanhe outras dicas e novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *